quinta-feira, 21 de maio de 2020

Bonnie e Clyde: Romeu e Julieta do crime

Bonnie Elizabeth Parker (1 de outubro de 1910 — 23 de maio de 1934) e Clyde Chestnut Barrow (24 de março de 1909 — 23 de maio de 1934) foram um casal de criminosos norte-americanos que viajavam pela região central dos Estados Unidos da América durante a Grande Depressão, roubando e matando pessoas quando encurralados ou confrontados. Embora se tratasse de um casal de criminosos a sua história de amor e crime apaixonou a América nos anos 30 do século XX.

Ainda hoje, decorridas mais de 8 décadas sobre a vida desta dupla indomável, a sua história continua a despertar interesse.

Um dos nossos leitores presenteou-nos com um vídeo em que apresenta Bonnie & Clyde como sendo o Romeu e a Julieta do Crime. Uma apresentação simples e sucinta que nos dá a conhecer as principais facetas da vida deste casal.

Vídeo de Henrique Quaresma

Também a indústria cinematográfica se inspirou na vida deste famoso casal e por mais de uma vez o retratou em filme.

(Disponível na Biblioteca da Escola Secundária)
Em 1967 surgiu o filme “Bonnie e Clyde” do realizador de televisão Arthur Penn com um grande valor simbólico para o cinema americano. Fechou definitivamente a porta à época do classicismo e dos seus heróis impolutos. É um filme de carácter biográfico, inspirado na vida deste casal de “gangsters” “perdidos no desencanto das suas ilusões e na horizontalidade da América Sulista”.
(Disponível na Netflix)
Mais recentemente outro filme surgiu sobre este famoso casal. “Estrada sem lei”, 2019, realizado por John Lee Hancock e escrito por John Fusco, que nos conta a história deste Bonnie e Clyde do ponto de vista dos polícias.

Visita a tua biblioteca e descobre mais 
sobre este famoso casal de criminosos!

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário é bem vindo! Partilhe as suas ideias sobre livros e escritores, tente seduzir alguém para o prazer de ler!